terça-feira, 22 de novembro de 2016

depois do fim


Chantageei e até chorei
Pena e medo sempre boas coleiras
Enrolei, explorei e até chifrei
Pequenas besteiras (...)
Mas amei você, pode agradecer!
~ Pode Agradecer, Jay Vaquer



Suas grades não só me prendem
elas me sufocam.
Eu abro os olhos
sinto o calor do sol na minha pele
Mas volto a ser sugada de volta para o buraco negro que nos tornamos.
Todos os dias acredito que ao anoitecer
enfim
serei livre,
Mas termino entre travesseiros
sendo ainda prisioneira desse
amor falido.

Nenhum comentário: